PARCEIROS:

APOIO:

©2019  por La Frida bike

 

M O V I M E N T A    L A  F R I D A

O Movimenta La Frida é uma organização formada por cicloativistas negras que tem como objetivo incluir e fortalecer a mobilidade nos planos de transporte das mulheres sendo também uma ferramenta para emancipação da mulher na sociedade.

MOVIMENTO que une bicicleta a arte de rua, estimula a representatividade feminina na mobilidade urbana, ampliando as vozes das mulheres negras, ocupando espaços sendo a bike um instrumento de empoderamento e transformação na sociedade.

O projeto "Preta, vem de bike!" é uma ação que une promoção da bicicleta com inclusão social, igualdade étnica e igualdade de gênero, visa levar a mobilidade urbana, além da orla, às periferias e comunidades quilombolas. São aulas de bike móvel para meninas e mulheres negras da periferia e quilombolas. O Preta, vem de bike tem a função de envolver a bicicleta  para além da mobilidade, permeia o acesso a  direitos básicos, processos de cura, auto-estima , sonhos....podendo  pensar e conectar a bicicleta em tudo.

Após as aulas, fazemos acompanhamento e ajudamos na coleta de bike para restauração ou doação, uma vez que 90% das meninas são da periferia ou baixa renda.

#PRETA, VEM

DE BIKE

#PRETinha, VEM

DE BIKE

O projeto "Pretinha, vem de bike!" visa a formação e conscientização cíclica das crianças periféricas, tem como enfoque  a importância de incluir as crianças no desenvolvimento de cidades ecoeficientes e sustentáveis.

 

Atividades:

  • Oficina de Pedal e acompanhamento

  • Oficina de mecânica básica de bike para meninas e mulheres

  • Oficina de Ciclista o Que levar( kit ferramentas,kit alimentação,kit primeiros socorros,kit higiene pessoal)

  • Oficina de legislação e segurança no trânsito

  • Oficina de customização de bicicleta

  • Oficina Corpo Ativo Corpo Atento ( consciência corporal para estar atento a si e ao ambiente,pedalando e não pedalando)

  • Oficina de Defesa Pessoal

  • Bate papo com Mulheres Negras e Não -Negras sobre: quem somos,o que queremos,o que podemos,como agir) levando a bicicleta como ferramenta de transformação pessoal e inclusão social, e projetos futuros: bike compartilhada na periferia ( projeto em estudo), esportes radicais nas escolas( a bicicleta ,esporte/ educação/cultura), bike na escola.

  • Palestras em seminários, fóruns e festivais.

  • Restauração e doação de bicicletas

#PRETA, VEM

DE BIKE NO RECÔNCAVO

#bici

lafrida

Um projeto de implantação de bicicletários em universidades e escolas públicas, afim de incitar o uso da bike no dia-dia de funcionários e alunos, criando um mobilidade livre através de um modal de transporte mais leve, econômico e ecológico.

#SARAU

LAFRIDA

Sarau que leva de forma itinerante poesia nas ruas.

Realizado por mulheres negras semeiam a poesia e a poesia negra musicalizada, e na fala inspiram o dia a dia, valorizando o poder feminino negro , da comunidade negra, fazendo recorte racial para reportar o racismo, e de gênero, para denunciar o machismo, dialogando com as bandeiras da atualidade; o genocídio do povo negro, o feminicídio, o empoderamento da mulher negra e a importância da união e de ocuparmos todos os espaços. A cada mês as Poetas traçam um itinerário diferente, acreditando que a poesia pode estar em todos os lugares e mudar o olhar e realidade das pessoas. É uma iniciativa de incentivo à literatura e leitura poética, com intuito de colaborar com o desenvolvimento literário nos centros culturais urbanos , principalmente periféricos.

#Palestras

LAFRIDA

É um projeto de conscientização e sensibilização acerca da mobilidade urbana e de combate ao racismo e machismo temas que convirjam para o avanço e desenvolvimento de nossas lutas e conquistas. O objetivo das palestras é fomentar o debate e a reflexão acerca dos temas referentes à representatividade feminina , mobilidade, empreendedorismo, além de ampliar a rede de apoio e fortalecimento da Movimenta La Frida.

EVENTOS SIGNIFICANTES PARTICIPATIVOS:

 

  • Bicicleta nas eleições 2016 (debate com candidatos)

  • Bicicleta nos Planos 2017 e 2018 (Bate-papo)

  • Velocity 2018- Plenária de Abertura

  • Banca Vale do Dendê 2018 (Defesa de projeto selecionado)

  • Projeto Feminismo sobre duas Rodas ( Fundo Elas,ONU Mulheres,GT Gênero da Ciclocidade)- Articuladoras da formação

  • Fórum Br Cidades (Palestra; Mobilidade para todos)

  • Fórum Mundial da Bicicleta 2018 (Palestra)

  • Campus party 2018 e 2017 (Palestra)

  • Festival party 2017

  • Flica 2016 (Festival de literatura) Cachoeira

  • Bicicultura 2016, 2017 e 2018 (Palestra)

  • Agenda Bahia 2017 (Palestra)

  • Sesc São Paulo 2018

  • Eflac 2017- Uruguai- (Palestra)

  • II Encontro de jovens negras feministas 2017 (Ações do Preta, vem de bike)

  • Abertura da Inauguração do parque da Cidade- Salvador

  • Afrotesistência- Rj

  • Festival da Sustentabilidade SSA

  • Fórum Nordestino da bicicleta- Fortaleza

  • Evento - Mobilidade urbana e a perspectiva das Mulheres- SP

  • ENUNE

#Preta

empreende

Apoio e fortalecimento para mulheres empreendedoras da periferia.  Apoio a microempreendedores de baixa renda, ampliando o acesso a conhecimento, redes, mercados e crédito para que desenvolvam ou iniciem seus empreendimentos. Viabilizar acessos para que pessoas e comunidades de baixa renda possam ser empreendedoras, promovendo a inclusão e o desenvolvimento econômico e social. Economia para todas.

#documentário

trajetos

Juh Almeida

Trajetos é um projeto de pesquisa e desenvolvimento de um longa-metragem que retrata o cotidiano de mulheres negras que utilizam a bicicleta em diversos contexto.“Eu não sonhei muito na minha vida. Onde eu fui criada tinha uma bicicleta, mas não podia usar".
 Assim expressou Ana Maria, que aprendeu a andar de bicicleta aos 60 anos na atividade “Preta vem de bike!” do La Frida. 

Produzido por mulheres negras baianas do audiovisual- onde todos as integrantes possui uma proximidade com universo apresentado, assim refletindo e revelando a intimidade e subjetividades das nossas personagens. 

Desse modo desvendando que, o que envolve a bicicleta é para além da mobilidade, permeia direitos básicos, processos de cura, auto-estima , sonhos...

 Ao acompanharmos sete mulheres negras que iniciaram ou retomaram o contato com a bicicleta através do projeto do La Frida, adentrarmos a uma relação de intimidade já estabelecida. Afinal, ao realizarmos o documentário é fundamental ter cautela com a relação entre o sujeito que filma e o sujeito filmado, pois o que será expressa na imagem É essa fronteira, neste caso, a equipe será formada por mulheres negras que adentre facilmente ao universo dos sujeitos filmados, pois compreendemos como um dos dispositivos fílmicos.

Larissa Fulana de tal

#teaser

# Premiações

 

  • Prêmio Antonieta de Barros; jovens negros comunicadores

  • Prêmio Think Olga; Mulheres inspiradoras 2016

  • Prêmio: 1 passo 2017 - Banco Itaú

  • Prêmio Frida Fund- Coletivo de maior impacto mundial

  • Prêmio mobilidade 2017; Menções Honrosas Categoria Ação Educativa e de Sensibilização

  • Melhor curta- metragem- MOVIFILM

  • Prêmio/; 2 passo 2018- Banco Itaú

  • Preta vem de bike SP contemplado no FAL( Fundo de Ações Locais) 

  • Prêmio mobilidade 2018: Categoria Ação Educativa e de Sensibilização.

  • Vale do dendê 2018- Negócios de impacto

  • Prêmio mobilidade 2019

# EQUIPE

 

Sou Jezz Rodrigues porque gosto de Jazz. Mulher negra professora atuante na Cultura Corporal de Movimento, cantante de sua vida, poetisa de sua rotina, ciclista dos becos e vielas, amante de um bom café e namoradeira dos céus e das flores. Articuladora Preta, vem de Bike São Paulo.

Sou Alana Santana, fofa e dedicada. 29 anos, formada  em relações públicas com expertise em comunicação e relacionamento comunitário. Gerente de Projetos do La Frida.

Sou Maju Vieira:  tenho 8 anos. menina negra, filha, criança, feliz, arteira, ciclista, ginasta, artista, curiosa e pianista e nossa Pretinha, vem de bike SP

Sou Jô Pereira Mulher, Negra,mãe,artista,arteira,artista,ciclista,cicloativismo,feminista,inquieta,eterna criança! Coordenadora geral do Preta, vem de bike SP .

Sou Ariadne Ramos formada em artes com ênfase em políticas e gestão da cultura pela Ufba. Produtora e mediadora cultural. Pesquisa "Práticas artísticas e pensamento latino- americano", colaboradora Latitudes Latinas e ONG movimenta la frida.

Sou Jamile Santana. ​26 anos. Estuda humanidades na Universidade da integração internacional da Lusofonia Afro- Brasileira. Poetisa, diretora artística dos projetos "Movimenta La Frida"

Sou Bruna : Ai meu Deus, tô nervosa, mas vamos lá. Acredito que busco ser luz onde quer que eu esteja, sou DJ, massoterapeuta e  publicitária de formação, sempre fui apaixonada por bike mas fui ter minha primeira a 2 semanas. Sou feminista desde que nasci, contrariando a vida e o mundo machista, furando as bolhas entrando nos ambientes onde não esperam uma mulher negra, orgulhosa da mulher que estou me tornando, e feliz em ter mais essa vivências

Angela Araújo. 36 anos. Amo amar a vida na leitura, na bike, na poesia, na espiritualidade, na natureza, nos coletivos, no feminismo, sendo professora da Cultura corporal de movimento. Articuladora Preta, vem de Bike São Paulo.

Tatiane Rodrigues Souza. Filha,  mulher, mãe, tia.Pedalante andarilha redescobrindo o prazer da liberdade, do vento na face ajustando e aprendendo com a poderosa (bike) do jeito raiz,  afetivo de viver onde o vento levar ... de olhos fechados. Articuladora Preta, vem de Bike São Paulo.

Eu, Silvana.Ciclista, artesã, dançarina, apaixonada, voluntária, musicomania, cantante, mulher, e mãe do Caio.Amante das gentilezas de todo tipo, pra toda gente!  Articuladora Preta, vem de Bike São Paulo.

Sou Nanda Lisboa, atriz, mãe . Desenhei e decorei toda a Casa La Frida, ficou linda! Sou formada em designer de interiores.

Sou Girassol. Flerto com a culinária, artesanato e adoro contemplar o mundo acompanhada da minha bicicleta.

Articuladora Preta, vem de Bike Salvador.

Sou Luise Reis, Revolve tretas. Coordenadora de Relacionamento da Casa La Frida, advogada familista e feminista interseccional, apaixonada por tecnologia, café, direitos humanos e viagens.

Sou Livia Suarez, amo comer. Sou extramente curiosa, o novo me fascina. A minha curiosidade me torna competente e dedicada. O La Frida pra mim é um sonho, um prazer louco.

Sou Laisa Carmo: Ariana doida, graduanda em estudos de gênero e diversidade na Ufba, apaixonada por comunicação, voluntária preta, vem de bike! (ba) e colaboradora do movimenta La Frida.

FAÇA PARTE

seja Uma voluntária
doe 
bikes
doe
 

Precisamos da sua ajuda para o Movimenta La Frida continuar crescendo. Vamos juntos espalhar mais bicicletas pela cidade!

Fale com a gente!

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

@lafridabikecafe @pretavemdebike